Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

THE SKIN GAME

Dermocosmética, reviews, aconselhamento

Qual o retinol que devo comprar? - Guia

retinol top.png

"Que retinol devo comprar" é uma pergunta muitíssimo frequente. O retinol é uma molécula que é tida como essencial pela cultura online. Contudo, o que é o retinol, o que é que ele faz, como saber qual o retinol devo usar? Temos neste guia cerca de 40 opções de retinol para pele sensível, pele oleosa, pele acneica e também para ajudar no melasma e rugas. Mas, antes disso, vamos perceber um bocadinho sobre o retinol e aquilo em que devemos pensar quando estamos a escolher que retinol comprar.

 

O que é o retinol?

O retinol é uma molécula da família dos retinóides. Na verdade, muitos cosméticos que referem ter retinol, têm outro composto da mesma família. E isto não é necessariamente uma coisa má, note-se, porque todos eles têm características próprias. Vamos ver as diferenças entre retinol, retinal, ácido retinóico e retinil palmitato.

  • Ácido retinóico - para funcionarem, todos os retinóides têm de ser convertidos na pele até esta forma, que é a que efetivamente atua na pele. Contudo, por estar já pronta a atuar, é também a que tem mais efeitos adversos como vermelhidão e descamação intensa. Apesar de ser seguro para usar, convém ser usado apenas por quem já usa retinóides há algum tempo e tem uma pele que tolera bem este composto.
  • Retinal ou retinaldeído - é a forma mais próxima do ácido retinóico que ainda assim passa por alguma fase de conversão. É ideal para peles mais experientes em retinóides e que toleram bem.
  • Retinol - a molécula standard, tem um bom equilíbrio de eficácia e de tolerância e é uma boa molécula para se iniciar os retinóides caso não haja pele sensível associada.
  • Retinil palmitato - é a versão que exige mais conversões, e portanto a ideal para peles sensíveis ou intolerantes.

 

Como usar retinol

Sou pouco de regras na dermocosmética, contudo vamos perceber algumas recomendações e mitos associados ao retinol.

  • O retinol é fotossensibilizante - Mentira. O retinol não torna a pele mais sensível aos danos provocados pelo sol. Embora tenda a provocar alguma descamação numa fase inicial, não torna a pele mais fina. Pelo contrário, com o tempo até espessa a pele.
  • Devemos usar o retinol à noite - Mais ou menos. O retinol é fotossensível, que é uma coisa completamente diferente de fotossensibilizante. Significa que é degradado pela ação da luz. Daí que a recomendação habitual seja de usar à noite, porque assim parte do retinol não é perdido por degradação pela luz. Contudo, não há nada que impeça a sua utilização durante o dia.
  • Tenho de usar sempre protetor solar - Verdade. A luz solar é a maior fonte de envelhecimento precoce da pele. Se usam retinol e não usam protetor, honestamente mais vale estarem quietos, porque nunca vão conseguir apagar os danos que o sol provoca.
  • Tenho de usar a maior percentagem de retinol - Mentira. O mais alto não é necessariamente melhor. Provavelmente conseguirão mais resultados com um retinol que tolerem bem e consigam usar diariamente, do que com um que tenham de usar apenas uma vez por semana e só conseguem quando a pele está mesmo equilibrada. Além disso, a percentagem não é tudo. O resto da fórmula é extremamente importante para obter resultados, não só pela sinergia com outros ingredientes (como a niacinamida, bakuchiol, ou péptidos) como pela forma como o retinol se apresenta (está livre ou encapsulado?).
  • Tenho de parar o retinol no verão - Mais ou menos. Apesar do mito urbano ser de que não se pode usar retinol no verão, isto não é verdade e deriva de extrapolação de utilização da isotretinoína, que é da mesma família, mas sujeita a receita médica. O problema no uso do retinol no verão prende-se muito com o nível de exposição solar a que a pessoa se sujeita. Se se expõem o mínimo, usam chapéu e protetor reaplicado com regularidade, provavelmente estarão tranquilos. O problema aqui é que o retinol pode ser sensibilizante, e a radiação solar também é. Não queremos juntar ambos na mesma pele sob risco de a comprometermos seriamente.

 

O que o retinol faz na pele

O retinol tem várias funções na pele que não vale a pena descrever extensivamente. Contudo, há cinco áreas em que vale muito a pena considerar usar retinol:

  • prevenção e correção (ligeira) de sinais de envelhecimento
  • afinamento do grão e alisamento da textura da pele
  • melhoria na acne
  • combate a manchas por dano solar ou melasma (embora melasma seja crónico)
  • redução do diâmetro dos poros que dilataram no processo de envelhecimento

Podemos ainda acrescentar que, no corpo e juntamente com microagulhamento, pode ajudar na recuperação de estrias que ainda estão vermelhas.

 

Qual o retinol que devo comprar?

Deixo-vos algumas questões que devem considerar quando estão a pensar adquirir um produto com um retinóide:

  • "Já uso habitualmente algum retinóide?" - Se não, tem de se começar por baixo e com calma, não serve de nada correr para concentrações altíssimas só para acabar a achar que a pele não tolera retinóides. Se sim, vale a pena considerar se se estava confortável com a concentração, se devia diminuir ou se acha que deve aumentar.
  • "Qual o meu nível de comprometimento com a utilização do retinóide e proteção solar?" - Ajustar sempre àquilo que é a rotina na prática e não a rotina de sonho. Se se sabe que não se vai usar o protetor no fator ideal ou reaplicar, se calhar vamos com calma na potência.
  • "Quão sensível é a minha pele?" - Auto-explicativa, uma vez que fórmulas mais potentes são contraindicadas.
  • "Qual o valor que consigo pagar?" - Não vale a pena fazer o esforço de comprar o mais caro se depois tiver de descontinuar o uso por estar à espera de poder pagar a próxima embalagem.
  • "Quais são as minhas prioridades no uso do retinol?" - Dependendo do resto da fórmula e da concentração, existem produtos mais adequados para manchas, outros para rugas e outros para acne. Estabelecer bem qual a primeira prioridade e apontar o retinol nesse sentido.

 

Os melhores séruns e cremes com retinol no mercado

Por motivos de simplificar a comunicação aqui, refiro-me sempre a retinol, mas em cada uma das opções vou mencionar qual o ingrediente e a percentagem se essa informação for divulgada pela marca, bem como características relevantes como se é encapsulado, qual o tipo de preço e outros ingredientes relevantes.

 

Antes de listar, se comprarem na Care to Beauty, para onde os links direcionam, podem usar o código ANA10 para terem 10% de desconto que acumula com os descontos em vigor (parceria).

 

Rugas e prevenção de envelhecimento - Acessíveis (menos de 20€):

  • Revolution Skincare Retinol Overnight Cream - textura em creme, ideal para pele normal, 0.1% de retinol, ideal para iniciantes.
  • Revolution Skincare Retinol 0.5% Retinol Intense - textura em óleo, com 0.5% de retinol, ideal para utilizadores avançados.
  • Regen Skin Potenciador Retinol (Mercadona) - textura em óleo, com retinol e bakuchiol, ideal para iniciantes.
  • Inkey List Retinol (Sephora) - textura em creme, com retinol e retinol palmitado, ideal para iniciantes.
  • The Ordinary Retinol 1% em Esqualano (The Ordinary) - textura líquida, com retinol e esqualano, para utilizadores avançados.
  • The Ordinary Retinol 0.2% em Esqualano (The Ordinary) - textura líquida, com retinol e esqualano, para utilizadores intermédios.

 

Rugas e prevenção de envelhecimento - Preço intermédio:

 

Rugas e prevenção de envelhecimento - Opções que implicam investimento:

  • YouthLab. Retinol Reboot Serum - textura em loção, para todos os tipos de pele; com retinaldeído, ésteres de retinol, péptidos e extratos de algas; ideal para utilizadores intermédios.
  • Esthederm Intensive Sérum-em-óleo Retinol - textura em óleo, ideal para peles secas, retinil palmitato a 0.2%, ideal para iniciantes.
  • ISDINCEUTICS Retinal Intense - textura bifásica (loção e óleo), com 0.1% de retinal, bakuchiol, niacinamida, melatonina e péptidos, ideal para utilizadores intermédios ou avançados.
  • YouthLab Retinol Reboot Cream - textura em creme fluído, com retinal, ésteres de retinol, niacinamida, extratos de algas, ideal para utilizadores intermédios.
  • SkinCeuticals Correct Retinol - textura em creme, com 0.3% de retinol, ideal para utilizadores intermédios.
  • Elizabeth Arden Retinol Ceramide - cápsulas com textura em óleo, a marca não divulga a concentração, contém péptidos e ceramidas, ideal para pele seca.
  • Skin Rocks by Caroline Hirons Retinoid 2 (Skin Rocks) - textura em loção, com com 0.5% hidroxipinacolona retinoato e 0.05% retinal, para todos os tipos de pele, ideal para utilizadores avançados.
  • Collistar Pure Actives Retinol + Phloretin - textura em creme, com hidroxipinalocolona retinoato, ideal para iniciantes.
  • StriVectin Advanced Retinol Concentrate - textura em bálsamo, com retinol e niacinamida, ideal para utilizadores avançados.

 

Retinol para pele sensível

  • Endocare Renewal Comfort - textura em creme, para todas as peles, com 0.02% de retinol, niacinamida, bisabolol e Edafence.
  • La Roche-Posay Retinol B3 Serum - textura em loção, para todas as peles, com 0.3% de retinol (mas 0.2 é encapsulado, por isso a libertação é lenta) e niacinamida.
  • Vichy LiftActiv Retinol Specialist - textura em sérum, adequado a peles mistas a secas, com probióticos e com um estudo muito interessante por trás.
  • Sesderma Reti Age Serum - textura em loção, para todas as peles, com ácido hialurónico e antioxidantes.
  • Neoretin Discrom Control Transition Cream - textura em creme, para peles com manchas, com retinol, niacinamida, bisabolol e vitaminas C e E.
  • Sensilis Eternalist A.G.E. Retinol Serum - textura em loção, ideal para pele que precisa de firmeza, com 10% de retinil palmitato, péptidos refirmantes e complexo anti-glicação.
  • COSRX The Retinol 0.1 Cream - textura em creme, percentagem baixa de retinol, ideal para pele normal a seca.
  • Kiehl's Micro-Dose Anti-Aging Retinol (Kiehl's) - textura em loção, com retinol, péptidos e ceramidas.
  • The Ordinary Granactive Retinoid 5% (The Ordinary) - textura em óleo, com hidroxipinocolona retinoato, ideal para pele seca.
  • Skin Rocks by Caroline Hirons Retinoid 1 (Skin Rocks) - textura em loção, com 0.2% hidroxipinacolona retinoato e bakuchiol, para todos os tipos de pele, ideal para iniciantes.

 

Retinol na acne (jovem e adulto)

 

Retinol para manchas (melasma, dano solar)

  • Endocare Renewal Retinol Intensive Serum - textura em loção, 0.5% de retinol e niacinamida, para utilizadores avançados.
  • Retincare - textura em loção, com ácido retinóico, ideal para utilizadores (muito) avançados.
  • Neoretin Ultra Emulsion - textura em loção, com retinol e um complexo despigmentante, ideal para utilizadores avançados.
  • Neoretin Serum - textura em loção, com retinol e complexo despigmentante, ideal para iniciantes.
  • Sesderma Azelac RU Serum - textura em loção, com retinol, ácido azelaico e ácido tranexâmico, ideal para iniciantes.

 

Como podem ver, as opções são várias. Ajustem as opções ao vosso orçamento e à vossa pele e não se esqueçam de introduzir gradualmente o retinol novo.